Fies 2018

Algumas Instituições não aderem ao Fies 2018

7 de fevereiro de 2018
Algumas Instituições não aderem ao Fies 2018
5 (100%) 1 vote

Algumas Instituições não aderem ao Fies 2018, pois desde que a Câmara dos Deputados aprovou, em outubro de 2017; a Medida Provisória (MP) referente às mudanças nas regras do Fundo de Financiamento Estudantil; as instituições de Ensino Superior privadas já demostravam descontentamento com a proposta do governo federal.

A Medida Provisória foi sancionada em dezembro de 2017 pelo Presidente da República e já tem força de lei para implementação do programa federal.

FG-Fies

De acordo com as Instituições o Fundo Garantidor, FG -Fies, é o principal item que preocupa, pois as mantenedoras terão que garantir o recurso financeiro, caso haja descumprimento do contrato por parte do aluno. Conforme as novas regras, as Instituições particulares deverão fazer parte do FG-Fies, que garantirá recursos ao Financiamento Estudantil, juntamente com a União.

Algumas Instituições não aderem ao Fies 2018

Na lista das universidades que não aderiram ao Novo Fies estão PUCRS, Unisinos, Universidade de Passo Fundo (UPF), Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Centro Universitário Franciscano (Unifra), de Santa Maria, e Universidade de Caxias do Sul (UCS).

As Instituições de Ensino alegam que falta clareza nas novas regras do Financiamento; além de terem de arcar com a inadimplência do Fies, se houver. Alegam que os contratos que já foram firmados serão respeitados até o final.

Modalidades do Novo Fies

De acordo com informações do MEC, o Novo Fies será composto por três modalidades que são:

Fies 1

Vagas: 100 mil vagas
Público: estudantes com renda familiar de até três salários mínimos per capita.
Taxa de juros real igual a zero.

Fies 2 

Vagas: 150 mil
Público: alunos com renda familiar de até cinco salários mínimos per capita das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com recursos de Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento.

Fies 3 

Vagas: 60 mil
Público: estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos per capita de todo o país.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply