Browsing Tag

Fies

Fies

Os estudantes com contratos do Fies firmados até dezembro de 2017, deverão renová-los

8 de agosto de 2018

Os estudantes que aderiram ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) até 31 de dezembro de 2017, já podem renovar seus respectivos contratos, por meio do Sistema Informatizado do Fies (http://sisfiesportal.mec.gov.br/).

Prazo para renovação de contratos Fies

De acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao MEC, o prazo ficará aberto até 31 de outubro.

Para requerer transferência de curso ou instituição ou solicitar dilatação do financiamento, a data-limite é 30 de setembro.

Os contratos do Fies precisam ser renovados semestralmente. O pedido de aditamento é inicialmente feito pelas instituições de ensino; para depois as informações serem validadas pelos estudantes no SisFies. Neste semestre, aproximadamente 890 mil contratos deverão ser renovados.

Conforme informações do MEC, caso o aditamento tenha alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisará levar a nova documentação ao agente financeiro (Banco do Brasil ou Caixa Econômica) para finalizar a renovação. Nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Fies

Conforme informações do MEC, os  estudantes que ingressaram no Fies a partir de 2018 já entraram em um novo sistema; pelo qual o programa está dividido em várias modalidades diferentes; que oferecem condições a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia para cada candidato.

A Lei nº 13.530, de 7 de dezembro de 2017, atribuiu à Caixa Econômica Federal a função de agente operador do Fies. Sendo assim, os aditamentos de contratos firmados em 2018 seguirão cronograma a ser divulgado pela Caixa.

Fonte http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=67221

Fies

Fies prorrogou prazo da pré-seleção referente à lista de espera, veja detalhes

30 de abril de 2018

O MEC prorrogou para até o dia 23 de maio; o prazo referente à pré-seleção dos candidatos participantes da lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

De acordo com o MEC, inicialmente a data final seria 25 de abril; mas a Secretaria de Educação Superior (Sesu) do MEC alterou a data para que todos os estudantes pré-selecionados possam complementar a sua inscrição, em tempo hábil. A contratação do financiamento só ocorrerá após a complementação das informações.

Cursos que poderão ser financiados

Poderão ser financiados os cursos de graduação com conceito maior ou igual a três no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes); ofertados pelas instituições de ensino superior participantes do Fies.

Vagas oferecidas Fies

No total, em 2018, o número de vagas chegará a 310 mil; sendo que 100 mil terão juro zero para os estudantes que comprovarem renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos.

Modalidades Fies

O novo Fies oferece duas modalidades:

-Fies: Para candidatos cuja renda familiar per capita seja de até 3 salários mínimos. Nesse tipo de financiamento, o pagamento será feito com juros zero. Caso o estudante se encaixe nessa faixa de renda, só poderá participar do P-Fies se não houver vaga para o curso desejado na primeira modalidade.

-P-Fies: Para candidatos cuja renda familiar per capita esteja entre 3 e 5 salários mínimos. Nessa modalidade, o financiamento é feito por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito (banco).

Fies

Fies: Prazo prorrogado para aditamento de contrato, veja mais detalhes

17 de abril de 2018

Os estudantes que possuem contrato com o Fies ganharam uma dilatação no prazo para renovação dos referidos contratos; conforme portaria divulgada hoje, dia 17 de abril.

Com a prorrogação, os estudantes terão até o dia 30 de abril para providenciar os respectivos aditamentos de contratos.

Abaixo a Portaria que foi publicada no DOU, Diário Oficial da União:

PORTARIA Nº 229, DE 13 DE ABRIL DE 2018

Dispõe sobre o prazo para realização de aditamentos dos contratos de financiamento concedidos com recursos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

O PRESIDENTE DO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO (FNDE), no uso das atribuições legais que lhe são conferidas pelo art. 15 do anexo I do Decreto nº 9.007, de 20 de março de 2017, e considerando o disposto no § 1º do art. 20-B da Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001, no art. 47 da Portaria Normativa MEC nº 15, de 8 de julho de 2011, e no § 3º do art. 25 da Portaria Normativa MEC nº 1, de 22 de janeiro de 2010, resolve:

Art. 1º Reabrir, até o dia 30 de abril de 2018, o prazo estabelecido no § 2º do art. 5º da Portaria Normativa nº 25, de 22 de dezembro de 2011, e no art. 2º da Portaria Normativa nº 16, de 4 de setembro de 2012, para a realização de transferência integral de curso ou de instituição de ensino e de solicitação de dilatação do prazo de utilização do financiamento, respectivamente, referente ao 1º semestre de 2018.

Art. 2° Os aditamentos de que trata esta Portaria deverão ser realizados por meio do SisFIES, disponível nas páginas eletrônicas do Ministério da Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, nos endereços www.mec.gov.br e www.fnde.gov.br.

Art. 3° Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

Fonte Imprensa Nacional

Fies

Renovação de contrato Fies está disponível

2 de março de 2018

Estudantes beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil, Fies, já podem renovar seus contratos, por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFies), até 30 de abril de 2018.

Transferência ou dilatação de prazo

Os  alunos que querem transferência de curso; ou instituição; ou vão pedir dilatação do financiamento, terão prazo até 31 de março para fazer a referida solicitação.

Renovação Fies

Os contratos do Fies precisam ser renovados semestralmente, de acordo com o MEC. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas instituições de ensino, para que depois as informações sejam validadas pelos estudantes no SisFies. Neste semestre, cerca de 1,1 milhão de contratos devem ser renovados.

Caso o aditamento tenha alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisará levar a nova documentação ao agente financeiro (Banco do Brasil ou Caixa) para finalizar a renovação. Nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Novo Fies

Estudantes que ingressarem no Fies a partir de 2018 já entrarão em um novo sistema de financiamento.

O Novo Fies é um modelo de financiamento estudantil moderno, em que o programa está dividido em várias modalidades diferentes, que oferecem condições a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia para cada candidato.

Maiores informações referentes ao novo modelo podem ser obtidas na página do Fies.

Fies

Fies manterá teto de R$ 5.000,00 mensais

10 de agosto de 2017

Fies manterá teto de R$ 5.000,00 mensais para contratos do Fundo de Financiamento Estudantil referente ao segundo semestre de 2017.

A decisão foi anunciada em fevereiro e reforçada em portaria publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira, 10 de agosto.

Até a edição referente ao segundo semestre de 2016; o Fies cobria mensalidades de até R$ 7 mil; ou seja, R$ 42 mil semestrais.

De acordo com o MEC, a medida de reduzir o limite de gastos faz parte de um pacote de reestruturação do programa, como forma de torná-lo mais sustentável e garantir sua continuidade.

Se a mensalidade da Instituição de Ensino estiver acima do teto de R$ 5 mil, o aluno deverá bancar a diferença. Por exemplo: se o valor da mensalidade for de R$ 6 mil mensais, o Fies cobrirá R$ 5 mil e o estudante, R$ 1 mil restante.

Os estudantes beneficiados que tenham assinado o contrato do Fies até o segundo semestre de 2016 não serão afetados pela mudança.

Processo de renovação Fies

Cada contrato de financiamento deve ser renovado (ou aditado) a cada novo semestre letivo. Primeiro, o sistema, chamado SisFies, é aberto para que as instituições insiram os dados sobre os contratos dos estudantes. Depois, o sistema dá acesso aos alunos, que verificam e validam as informações; para que então o procedimento de renovação contratual seja finalizado.

No caso de aditamentos não simplificados, ou seja, quando algum dado cadastral precisa ser alterado, como, por exemplo, o fiador; o processo possui uma etapa extra.

Ao acessar o SisFies, o estudante precisa emitir um Documento de Regularidade de Matrícula (DRM) e entregá-lo ao banco que serve como agente financeiro do contrato.

Modalidades Fies a partir de 2018

Fies 2018: 100 mil vagas com juro zero

Conforme informações do MEC, esta modalidade de Fies com juros zeros é o chamado Fies Público ou Fies 1. Ele terá correção pela inflação e as prestações poderão comprometer, no máximo, 10% da renda familiar do estudante.

FIES 2 – Regional

– 150 mil vagas para Centro-Oeste, Nordeste e Norte
– Fonte de recurso: Fundos Constitucionais do Centro-Oeste, Nordeste e Norte
– Juros de até 3% ao ano mais correção monetária
– Renda familiar mensal de até cinco salários mínimos por pessoa

FIES 3 – Desenvolvimento

– 60 mil vagas, com possibilidade de aumento para 80 mil
– Fonte de recurso: BNDES e fundos de desenvolvimento regionais do Centro-Oeste, Nordeste e Norte
– Não foi informada a taxa de juros
– Renda familiar mensal de até cinco salários mínimos por pessoa

Uma alteração é que o momento do contrato, o estudante saberá o valor total do empréstimo que terá de pagar durante todo o período. Atualmente, o financiamento é reajustado e renovado a cada seis meses.

Fies 2017

Fies 2017: Maiores notas de corte dos cursos

28 de julho de 2017

Fies 2017: Maiores notas de corte dos cursos referentes ao programa, que possibilita financiamento para alunos de baixa renda em todo o Brasil.

Fies 2017: Maiores notas de corte dos cursos

Abaixo os onze cursos que apresentaram as maiores notas de corte referente ao Fies 2017:

CURSOINSTITUIÇÃOCIDADE/ESTADONOTA
MEDICINASUPREMAJUIZ DE FORA MG831,04
DESIGN DE GAMESAnhembi MorumbiSÃO PAULO – SP775,86
GESTÃO DE COOPERATIVASCESURGSARANDI – RS766,86
DIREITOPUC-SPSÃO PAULO – SP765,62
ENG. AERONÁUTICA FUMECBELO HORIZONTE – MG760,54
ODONTOLOGIA UNIRPSÃO JOSÉ DO RIO PRETO – SP759,1
NANOTECNOLOGIAPUC-RJRIO DE JANEIRO – RJ755,36
CIÊNCIAS ECONÔMICASPUC-RJRIO DE JANEIRO – RJ751,86
ARQUITETURAC. Univ. ToledoARAÇATUBA – SP749,04
DESIGNC. Univ. SenacSÃO PAULO – SP745,38
ENGENHARIA QUÍMICAPUC-MGBELO HORIZONTE – MG741,16

Critérios para inscrição Fies

Poderão se inscrever os estudantes que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010; com média das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero. O candidato deverá comprovar também renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

Fies 2018

De acordo com o MEC, o novo Fundo de Financiamento Estudantil será dividido em três modalidades. No total, o programa garantirá 310 mil vagas, das quais 100 mil a juros zero; para estudantes com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos.

Modalidades Fies 2018

Na primeira modalidade, o Fies funcionará a partir de um fundo garantidor com recursos da União e ofertará 100 mil vagas por ano; com juros zero para os estudantes que tiverem uma renda per capita mensal familiar de três salários mínimos.

O aluno começará a pagar as prestações respeitando a sua capacidade de renda; com parcelas de aproximadamente 10% de sua renda mensal.

Nesse caso, o risco do financiamento será compartilhado com as universidades privadas; não estando concentrado somente no governo.

Outra medida que garante a sustentabilidade do programa é a fixação do risco da União no fundo garantidor; evitando a formação de passivo para o setor público.

Na segunda modalidade, o Fies terá como fonte de recursos os fundos constitucionais regionais; para alunos com renda familiar per capita de até cinco salários mínimos, com juros baixos e risco de crédito dos bancos. Serão ofertadas 150 mil vagas em 2018 para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Na terceira modalidade, serão fontes de recursos o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e os fundos regionais de desenvolvimento das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste; oferecendo juros baixos para estudantes com renda familiar per capita mensal de até cinco salários mínimos.

Dicas de Estudo:

–Dicas de Estudo para Biologia;

–Dicas de Estudo para Física;

–Dicas de Estudo para Química;

–Dicas de Estudo para Matemática;

-Dicas Ciências da Natureza;

-Dicas Barragem de Mariana;

Fies 2017

Fies prevê fim de carência para início de pagamento das mensalidades

1 de junho de 2017

Fies prevê fim de carência para início de pagamento das mensalidades pelos estudantes beneficiados pelo Programa de Financiamento Estudantil, após o término da graduação.

Prejuízos Fies

De acordo com o Mec, só no ano de 2016, houve um rombo de 32,2 bilhões para o tesouro nacional e se não houver modificações o Programa será inviabilizado.

Novo Fies

O Fies está em reestruturação e passará por vários ajustes para que o prejuízo aos cofres públicos seja menor, de acordo com o MEC.

Alterações já anunciadas pelo MEC

O MEC já sinalizou algumas alterações para o Fies e em breve lançará as informações oficialmente. Estão abaixo as modificações que já foram veiculadas pelo ministério:

-O Fies continuará a priorizar cursos com nota 4 e 5 nas avaliações do MEC;

-Continuará com prioridade nas áreas de saúde, tecnologia e licenciaturas;

-Alterações nos prazos de duração dos empréstimos;

-Período de carência para início da quitação das prestações;

-Contribuição das instituições privadas para o fundo garantidor;

Pré-requisitos Fies – Financiamento Estudantil

Conforme edital do Fies, os pré-requisitos são:

-Ser de família com renda familiar bruta de no máximo três salários mínimos por pessoa;

-Ter prestado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010; além de possuir média das notas nas provas igual ou superior a 450, além de não ter zerado a redação.

Fies 2017-1

No primeiro semestre de 2017, de acordo com o Ministério da Educação (MEC) foram oferecidas 150 mil vagas para o Fies, com um novo valor máximo de mensalidades a serem financiadas: R$ 5 mil, que representam uma redução de 34,7% em relação ao teto anterior, de R$ 7 mil. Esse foi o primeiro passo na reestruturação do programa, segundo o que o ministro afirmou em fevereiro deste ano.

Dicas de Estudo Enem e Vestibulares:

–Dicas de Estudo para Biologia;

–Dicas de Estudo para Física;

–Dicas de Estudo para Química;

–Dicas de Estudo para Matemática;

-Dicas Ciências da Natureza;

-Dicas Barragem de Mariana;

Acesse dicas de Redação para treinar sua escrita e argumentos.

Acesse outros vestibulares que estão disponíveis para 2017.

Conheça as Universidades e Institutos Federais de Educação que utilizam o Sisu para ingresso em seus diversos cursos.

Fies 2016-2

Inscrições Fies 2016 – Segundo Semestre

24 de junho de 2016

As inscrições para o Financiamento Estudantil (Fies) na seleção do segundo semestre de 2016 já estão abertas. Os candidatos podem se inscrever pelo site http://fiesselecao.mec.gov.br até o dia 29 de junho. São disponibilizadas neste processo seletivo 75 mil vagas, segundo o Ministério da Educação.

Inscrições Fies 2016 – Segundo Semestre

Antes de fazer a inscrição, o candidato deve consultar as vagas em seção específica do portal. É possível fazer a busca por curso, instituição ou município. O sistema disponibiliza detalhes como grau (bacharelado, por exemplo), turno, conceito do curso, mensalidade para o Fies, número de vagas e nota de corte.

O número de vagas no Fies sofre queda desde 2015. Em 2014, foram financiados 732 mil contratos. Em 2015, o número de vagas caiu para 278 mil. No primeiro semestre deste ano foram disponibilizadas 147 mil vagas.

A seleção deste semestre vai inaugurar uma série de mudanças anunciadas no fim de março, pelo então ministro Aloizio Mercadante, com o objetivo de estimular a participação e diminuir a ociosidade no programa. O atual ministro Mendonça Filho vai manter as mudanças.

Inscrições Fies 2016 - Segundo Semestre

Inscrições Fies 2016 – Segundo Semestre

Renda e seleção

A partir deste semestre, o MEC vai adotar um sistema parecido com o do Prouni na hora da seleção dos estudantes: os inscritos poderão mudar a opção de curso quantas vezes quiserem de acordo com a nota de corte que será divulgada pelo sistema a partir do segundo dia de inscrições.

Caso o candidato altere ou cancele sua inscrição no Fies, a vaga volta a ser disponibilizada pelo sistema para nova inscrição.

Outra novidade é elevação da renda familiar per capita de 2,5 salários mínimos para 3 salários para a concessão de novos financiamentos.

Cursos prioritários no FIES

O MEC decidiu reduzir o percentual de contratos que deveriam ser fechados exclusivamente com estudantes das áreas de saúde, engenharia e licenciatura. Antes, essas áreas recebiam 70% dos financiamentos. A partir desta edição, o percentual será reduzido para 60%.

Ainda dentro de cada uma das subáreas haverá nova divisão:
– Cursos prioritários da área de saúde passam de 45% para 50%;
– Cursos prioritários da área de engenharia passam de 35% para 40%;
– Cursos prioritários da área de licenciatura, pedagogia e “normal superior” caem de 20% para 10%.

Além disso, segundo o MEC, está prevista nova etapa de inscrição para vagas remanescentes com prazo específico para estudantes inscritos e não aprovados.

Calendário Fies 2016 – Segundo Semestre

Inscrições: 24 a 29 de junho
Resultado da seleção: até 30 de junho
Inscrições no sistema em única chamada: 1º de julho
Lista de espera: 4 de julho a 10 de agosto
Contato para dúvidas

Mais informações podem ser obtidas pelo site do Fies, por autoatendimento via formulário ou pelo telefone 0800-616161.