Fies

Valores de financiamento Fies

1 de fevereiro de 2018
Valores de financiamento Fies
5 (100%) 1 vote

Valores de financiamento Fies referentes aos cursos de graduação a partir do 1º semestre de 2017; conforme Resolução publicada no Diário Oficial da União, em 1º de fevereiro de 2018.

Abaixo os valores para financiamento:

I – Valor máximo de financiamento: R$ 30.000,00 (trinta mil reais).

II – Valor mínimo de financiamento: R$ 300,00 (trezentos reais).

Art. 2º Esses parâmetros serão implementados pelo Agente Operador diretamente no Sistema Informatizado do Fies (SisFIES).

De acordo com a Resolução nº 16 de  30 de janeiro de 2018, tais quantias referem-se ao valor semestral máximo e mínimo de financiamento no âmbito do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies); para os contratos formalizados a partir do 1º semestre de 2017, cabendo ao estudante arcar com a eventual diferença.

Requisitos Fies 2018-1

Abaixo os requisitos para o Financiamento Estudantil 1º semestre de 2018:

-Ter participado do Enem a partir da edição de 2010 e obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos e nota na redação superior a 0 (zero).

-Possuir renda familiar mensal bruta per capita de: a) até 3 (três) salários mínimos, na modalidade de financiamento do Fies; b) até 5 (cinco) salários mínimos, na modalidade de financiamento do P-Fies.

-Durante o curso, o estudante deverá ter rendimento para ser aprovado em todas as matérias.

Fies 2018-1

Abaixo as mudanças aprovadas pelo Congresso:

Fies 1 

-Para estudantes com renda familiar de até 3 salários mínimos per capita;
-Taxa de juros real igual a zero;
-Acaba a carência de 18 meses após o fim do curso e o estudante terá que começar a pagar assim que se formar;
-Os recursos virão de um Fundo Garantidor, mantido obrigatoriamente pelas faculdades, que terão que fazer aportes proporcionais à sua taxa de inadimplência.

Fies 2 (nova modalidade)

-Para estudantes com renda familiar de até 5 salários mínimos per capita;
-Taxas de juros usadas para empréstimos dos fundos regionais, hoje na ordem de 2,5% a 3%;
-Os recursos virão de bancos regionais do Norte, Nordeste e Centro-Oeste e os fundos constitucionais de financiamento dessas regiões. Os empréstimos serão geridos por esses bancos;
-Os financiamentos só poderão ser concedidos nessas regiões. Objetivo é diminuir as desigualdades regionais.

Fies 3 (nova modalidade)

-Para estudantes com renda familiar de até 5 salários mínimos per capita;

-Recursos virão do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os contratos serão geridos por bancos privados;

-Financiamentos poderão ser concedidos para estudantes de todo o país.

De acordo com edital do Fies, poderão ser financiados os cursos de graduação com conceito maior ou igual a três no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) ofertados pelas instituições de ensino superior participantes do Fies.

Também poderão participar do programa os cursos que, ainda não avaliados pelo Sinaes, estejam autorizados para funcionamento pelo cadastro do MEC.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply