Se é de graça é bom? Cuidado com os cursos online grátis

Há um dito popular antigo que diz: “De graça até injeção na testa”, mas será que é isso mesmo e que tudo que é oferecido que forma gratuita realmente vale a pena? Lembrando que o mundo evolui tão rápido que até o velho ditado perdeu a força, já que atualmente nem as injeções na testa são de graça.

Brincadeiras à parte, o assunto sobre o qual vamos falar é bem sério: a oferta de cursos online sem custo algum – isso mesmo, vamos falar sobre cursos online grátis e explicar por que você deve ter cautela ao pensar na possibilidade de fazer um curso que não é tudo aquilo que promete.

Fazendo uma analogia com a nossa frase de início, há quem pense mesmo assim, que se for gratuito, está valendo. Vamos contestar isso, argumentando que, dependendo do que você busca e da finalidade do que vai aprender, cursos grátis não terão valor algum.

Cursos online: um panorama atualizado

Os cursos a distância são atualmente as melhores opções para quem procura se qualificar e atualizar profissionalmente. Eles enriquecem o currículo e podem ser um grande diferencial para quem concorre a uma vaga de emprego.

Os cursos online com certificado também podem ajudar com a progressão na carreira pública, com pontuação em provas de títulos e podem valer créditos em atividades complementares nas faculdades. Para muitos, os cursos EAD representam a iniciação profissional, o aprendizado que lhes dá a chance de iniciar a sua trajetória em uma carreira.

O último censo EAD, de 2015, apresentado pela ABED em 2016, informa que o número de alunos em cursos livres foi de 1.880.165. A estimativa ainda aponta que houve um aumento bem significativo com relação ao ano anterior. Isso indica a crescente procura pelos cursos EAD.

Com toda essa demanda e com esse cenário de crescimento, os portais de cursos online passam a oferecer cada vez mais opções em áreas e temas. Mas isso implica em outro aspecto, um tanto perigoso: a grande oferta por cursos gratuitos, que não são exatamente o que parecem ser.

E tudo fica ainda pior: a oferta de cursos online gratuitos com certificado. Mas que certificado é esse? Que empresa é essa que dá tudo assim, de graça? Vamos analisar ponto a ponto.

Cursos online grátis: pense bem, pois pode ser furada

Se existe um olhar meio desconfiado a respeito de cursos EAD, isso se deve ao fato de muitos portais não serem transparentes na sua oferta de serviços.

Explicamos: enquanto uma grande parte dos portais deixa bem explícita a forma como trabalha, outros não estão muito preocupados em mostrar isso aos futuros alunos, o que interessa, na verdade é o seu objetivo final: fazer dinheiro vendendo certificados.

Mas veja bem, o problema não é cobrar pela certificação.

Todo mundo entende que cursos livres, como qualquer outro negócio, precisam de uma estrutura para que existam, mesmo que sejam em ambiente virtuais. Há a oferta de um serviço e esse serviço é cobrado.

O problema é não haver clareza desde o início, é atrair alunos sem que eles saibam que em determinado momento, serão cobrados por isso.

Pense assim: de que forma se pode ofertar cursos online gratuitos com certificado se para que esse curso esteja disponível há um custo considerável de manutenção.

Despesas com servidor, webmaster, softwares, equipe pedagógica, equipe de marketing, equipe comercial, atendimento e algumas outras, somam, ao final, um valor bastante significativo. Então como explicar a oferta de cursos grátis?

Como pode observar, todo cuidado é pouco para não cair em uma cilada dessas, por que em determinado momento, a conta virá. O objetivo das empresas que usam desse artifício para atrair alunos é se destacar no mercado, mesmo sem ter a preocupação da qualidade do serviço que oferta aos clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *